Já parou para pensar se o número guia informado pelo fabricante do seu flash é verdadeiro? Neste artigo vamos descobrir como achar o número guia real do seu flash.

Número guia: o que é?

Basicamente, o número guia representa a relação entre a distância do flash até o assunto e o diafragma usado na sua câmera para um determinado ISO.

No manual do seu flash existe uma tabela de número guia que serve de base para calcular a carga do seu flash em função da distância.

Exemplo de tabela de número guia

Número guia real x teórico

Dependendo do modelo do seu flash, pode ser que os valores informados pelo fabricante não correspondam àquilo que o seu flash pode realmente entregar. Dessa forma é necessário fazer um processo de calibração para descobrir o número guia real do seu flash.

Para isso você vai precisar de um flashmeter, que será o nosso instrumento de referência. Ele deve estar configurado para modo de medição de flash, com ISO 100 e velocidade do obturador de 1/250 para neutralizar toda a luz ambiente.

Posicione o seu flashmeter a uma distância conhecida do seu flash e acione o botão de medição. É importante que essa distância permaneça constante durante todo o processo.

No nosso exemplo, usei um flash Sony HVL F43M e um flashmeter Sekonic L308X. A distância entre os dois foi deixada em 2 metros.

A seguir, basta variar todas as combinações possíveis de zoom da cabeça do flash e carga de disparo, em intervalos de 1 EV, e anotar os valores de diafragma lidos pelo flashmeter.

Para melhorar a exatidão dos cálculos, você deve converter os décimos da indicação do flashmeter em número real. Use a tabela abaixo como referência:

TABELA DE CONVERSÃO DO DIAFRAGMA EM NÚMEROS INTEIROS

Como resultado, você deverá obter uma tabela como essa:

TABELA DE LEITURA DOS VALORES DO DIAFRAGMA

Em seguida, multiplique os valores obtidos pela distância entre o flash e o flashmeter. O resultado será a sua tabela de número guia real do seu flash.

TABELA DO NÚMERO GUIA REAL DO FLASH

Para efeitos de comparação, vamos analisar esses números em um gráfico comparando os valores real e teórico informado pelo fabricante.

carga do flash em 1/1
carga do flash em 1/2
carga do flash em 1/4
carga do flash em 1/8

Conclusão

Como mostrado pelos gráficos acima, quanto maior for a carga do flash, maior será a diferença entre os valores real e o teórico.

Vimos também que o valor real é sempre mais baixo que o informado pelo fabricante. Nessas condições, o uso do flashmeter oferece grande vantagem, pois permite fazer a leitura do flash com muito mais exatidão.

Se quiser baixar a planilha do seu flash, acesse nosso conteúdo exclusivo no botão abaixo:

Compartilhe

Leave a Reply

Your email address will not be published.